Uber lança serviço de helicóptero nos EUA; conheça

Aplicativos passam a avisar sobre necessidade de recall de veículos
3 de outubro de 2019
Uso do bafômetro avança em Florianópolis
7 de outubro de 2019

Serviço tem preço de cerca de US$ 200 por pessoa com carro da Uber incluso para levar até o heliporto.

A Uber anunciou nesta quinta-feira (3) o início das operações do Uber Copter, serviço de transporte por aplicativo que usa helicóptero. Lançado em junho e em fase testes nos Estados Unidos há cerca de dois meses, o novo modal começa com oferta restrita: por enquanto, há apenas um trajeto disponível, entre um heliporto no centro de Manhattan e o aeroporto JFK, em Nova Iorque. A viagem dura cerca de oito minutos.

Corridas poderão ser solicitadas a partir da próxima segunda-feira (7), com preço que vai de US$ 200 a US$ 225 por pessoa, o equivalente a R$ 818 a R$ 920 no câmbio do dia, incluindo transporte terrestre. Por enquanto, a novidade funciona apenas no iPhone (iOS), mas deve ser liberado em breve no Android. Ainda não há previsão de chegada ao Brasil.

Os helicópteros trazem identidade visual da Uber, mas são operados pela empresa parceira HeliFlite Shares. Antes de embarcar, o passageiro faz um check-in rápido no heliporto, onde deve seguir as instruções de segurança da viagem, que são similares a dos aviões. A corrida de helicóptero pode ser compartilhada com até quatro pessoas e é possível levar consigo apenas uma mala pequena, que deve ser nos mesmos padrões da bagagem de mão aceita pela maioria das companhias aéreas.

Um dos atrativos do Uber Copter frente a rivais é a facilidade de uso, com procedimento todo feito pelo aplicativo. Ao reservar uma viagem de helicóptero, o usuário agenda automaticamente um UberX ou Uber Black para chegar até o heliporto onde o serviço opera em Manhattan. Lá, o helicóptero pode ser identificado pelo número impresso na cauda. Um segundo carro fica à espera no aeroporto de chegada para levar o passageiro até o destino.
Segundo testes conduzidos pelo portal especializado CNET, o Uber Copter é oferecido pelo aplicativo automaticamente, uma vez que o usuário solicita uma corrida por um trajeto compatível com o serviço. A viagem inteira, incluindo as trocas de veículos, é acompanhada pelo app como uma única corrida.

A Uber ainda não divulgou planos de expandir o serviço para o Brasil. Em 2016, o serviço chegou a ser testado no país por um mês. Por enquanto, uma das alternativas é um serviço semelhante da Cabify em parceria com a Voom. É possível voar, na cidade de São Paulo, entre 7h30 e 20h em dias de semana, ou de 10h às 15h aos fins de semana. A solução promete valores até 80% mais barato em relação aos serviços tradicionais de táxi aéreo.

Fonte: https://www.techtudo.com.br/noticias/2019/10/uber-lanca-servico-de-helicoptero-nos-eua-conheca.ghtml

Alexandre Feijó
Alexandre Feijó
CONSULTOR DE TRÂNSITO Experiência de mais de 12 anos no ramo. Bacharel em Administração e Gestão em Trânsito pela UNIVALI/SC, Bacharel em Direito pela UNIBAN/SC, atua na área do Direito de Trânsito (recurso administrativo contra suspensão e cassação do direito de dirigir, infrações de trânsito em geral).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *